Uma decisão.

Os dias nos trazem novidades, ventos fortes, dores fortes e situações que nos forçam a tomar decisões que invariavelmente irão envolver outras pessoas. A grande dificuldade é não ouvir o coração, que teima em percorrer o caminho mais íngreme... aquele que fará com que o final seja um grande abismo e fatalmente uma queda sem fim. Como todo ser humano, nos acostumamos com o o caminho íngreme; em andar nas beiradas dos abismos e o deslocamento de uma queda sem fim. Mas, algumas pessoas questionam, olham para os lados e percebem que existem outros caminhos sem abismos e sem quedas no final. Algumas pessoas até conseguem sair desses limbos que não conseguimos definir nem nomes pra eles. Estou vencendo... me arrastando em direção a uma saída. Sei que existem forças que impulsionam para os dois lados...como se fossem ventanias contrárias que castigam meu corpo, minha alma e meu espirito. Espero que no final eu possa dizer que meu corpo está ensanguentado... ferido, mas a minha alma está inteira e pronta pra viver as decisões que me farão feliz. 

Postagens mais visitadas deste blog

Decisão

Transformação

Bobagens da decepção