Decisão

Então corri em sua direção
estiquei extremamente meus braços e minha vontade
toquei de leve na sua pele fria
quedei em ti, perdida em mim 

Não... Não quero mais correr atrás
quero estar à frente... abrindo meu caminho
fortalecendo meu domínio
abraçando meu destino


decidi assim hoje
meio que obrigada a ver a verdade
assumir minha inteireza
descobrir-me plena 

Posso até não ter você
Mas mil outros terei
sonhos podem sempre renovar
meus dias não

permito-me voar
aceito suas asas, destino
me permita sentir
que eu posso ser livre...

Postagens mais visitadas deste blog

Transformação

Bobagens da decepção